O que há por trás de supostos pagamentos milagrosos oferecidos nos grupos do Facebook

0

Andreo Fischer

[email protected]

“Não deu, fazer o quê” – diz a jovem recrutadora ao se referir sobre a possível impossibilidade de convidar 40 pessoas para o esquema. E, segunda ela, também não se lucra nada sem essas pessoas. Não é necessariamente um golpe. Trata-se de um esquema de marketing multinível onde só ganha quem está no topo, ou seja, aqueles que vão para os grupos do Facebook convencer internautas com promessas fabulosas de ganho em Reais.

Ao perguntar para a recrutadora via WhatsApp sobre a oportunidade, a mesma enviou mensagens encaminhadas, o que sugere que muitas pessoas a procuram para detalhar o trabalho. Há gaúchos e até mineiros que se dispõem a divulgar a proposta. Muitos deles nem respondem as mensagens tamanha a demanda que devem ter.

A mecânica é a seguinte:

  1. O interessado se cadastra no link do recrutador;
  2. Após, é necessário entrar em um site e copiar números e pressionar Enter. Segundo a recrutadora, cada ação destas rende R$ 0,10. Ela afirma que fez R$ 256 em uma hora.

O site

A página parece com layout dos anos 2000. Ela é toda na língua inglesa e não é possível compreender corretamente qual o propósito do site. Além disso, não passa credibilidade, já que, o domínio termina em xyz. No portal, há um ranking de pessoas que mais ganham dinheiro com a plataforma, um cálculo das primeiras 50 pessoas.

Aqui não é um esquema de pirâmide financeira, já que na pirâmide não há produtos no negócio.

Se o interessado não fechar as 40 indicações, não ganhará nada.

Fique atento a propostas tentadoras no Facebook antes de deixar seus contatos.

Comentários