O bebê Gael ganhou uma “charreata”; entenda a novidade em Gravataí

0
Imagens Andreo Fischer

Andreo Fischer

[email protected]

Em tempos de pandemia, nada de reunir a família e os amigos para um chá de bebê. A novidade é o drive-thru do chá de bebê. Não entendeu? Explicamos. Nossa reportagem esteve em frente à casa de Monique Silveira, futura mamãe do Gael que é casada com o Gabriel Matos, de 24 anos. Aos oito meses de gestação, Monique comenta que sempre fez festa para tudo, mas que por causa da pandemia não foi possível fazer o chá de bebê, até porque, ela faz parte do grupo de risco e não pode receber visitas por estar grávida. É perigoso. Através de redes sociais, ela viu que uma mãe fez uma charreata para seu filho que consiste em formar uma fileira de carros de parentes e amigos que entregam os presentes pela janela do carro. Monique e Gabriel receberam um bebê conforto e diversas fraldas, além de outros mimos. Em torno de 15 a 20 carros se enfileiraram na rua da Cohab B para prestigiar os papais e a vó do menino, Márcia Silveira.

Todos os participantes são de Gravataí, segundo Monique. A gestante afirma que Gael está tendo dificuldades para ganhar peso e que ela tem diabetes. Mesmo assim, ela não queria deixar passar em branco e que escolheu a data aleatoriamente, mas que tudo saiu conforme o esperado.

O pai Gabriel é metalúrgico de profissão e diz que não teve a ideia da charreata, mas que embarcou no assunto e compartilhou a felicidade com sua esposa.

A avó Márcia organizou toda a decoração que estava na calçada juntamente com os pais, e revela que além dos presentes, esperava receber o carinho do pessoal que ali passou.

Em Gravataí, essa parece ter sido a primeira charreata. De muitas, no que depender da atual situação de saúde mundial.

Segundo o caderno Donna, de Zero Hora, as dicas para se organizar este tipo de evento são:

Passo 1: escolha a data e o horário

Aqui vale optar pelos finais de semana, que são datas que a maioria pode participar.

Passo 2: defina um ponto de encontro.

Escolha a frente de sua casa para receber os presentes. Assim ninguém se perde durante o caminho.

Passo 3: faça um convite

Faça o convite como se fosse chá de bebê mesmo. Com data, hora e local.

Passo 4: personalize os carros.

Uma decoração é bacana, assim todos demonstram o carinho pela criança.

Aqui no estado, em Carazinho, numa reportagem do site Diário do Amanhã, a gestante Tathiele Tonin aprovou a ideia: “Sinceramente, se tivesse planejado um chá tradicional seria bonito, mas não seria tão lindo como foi essa ideia. Foi muito mais especial. Acho que nunca conseguirei explicar direito o que senti. Foi um dos melhores dias da minha vida. Me senti muito amada, mesmo não podendo abraçar as pessoas. Eu vi o olhar das pessoas, todos choraram comigo. Foi maravilhoso”.

Veja os vídeos da charreata

E você? O que achou da ideia?

Poste nos comentários!

Comentários