Indústrias de Cachoeirinha podem funcionar dentro das normas sanitárias

0
Divulgação

Com o fechamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços, além de atividades da construção civil, aumentou a fiscalização do município das normas sanitárias de higiene e de distanciamento naqueles estabelecimentos com permissão para funcionar durante a pandemia do coronavírus. Já no comércio é muito comum a aglomeração de pessoas, o que propicia maior risco de proliferação do coronavírus e por isso, acabou se tornando inviável a manutenção de suas atividades neste momento.


    Conforme o coordenador da Vigilância em Saúde, Gelson Braga, o trabalho é prioritariamente educativo, informativo e preventivo. “Estamos orientando e fiscalizando com relação à higienização dos equipamentos, ambientes e principalmente dos funcionários, para que lavem as mãos e utilizem equipamentos de proteção individual, se necessário”, esclarece Braga.


    Outra questão importante é que os estabelecimentos em funcionamento neste período deverão, obrigatoriamente, evitar a aglomeração de pessoas, devendo, se for o caso, criar mecanismos para tal, seguindo todos os protocolos de distância mínima (dois metros lineares), além de assegurar todos os processos recomendados de higienização tanto para as pessoas quanto para o local.


    Nesta quarta-feira, 25 de março, a Vigilância em Saúde recebeu 12 denúncias. A população pode informar a Vigilância em Saúde sobre o descumprimento das normas sanitárias, inclusive nas indústrias, através do telefone 3041-8650. Em caso de descumprimento aplicam-se, cumulativamente, as penalidades de multa, interdição total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento, sem prejuízos de outras sanções administrativas, cíveis e penais.

Comentários