“Vamos montar uma loja que vai orgulhar Gravataí”, diz Luciano Hang sobre Havan

0
Andreo Fischer

Andreo Fischer

O polêmico empresário Luciano Hang, proprietário da lojas Havan, ferrenho opositor do PT e defensor do governo Bolsonaro parece que vai investir pesado no RS com suas lojas pintadas de branco, e com a réplica da estátua da liberdade em frente. Luciano teve uma entrada triunfal na prefeitura onde recebeu o alvará para a construção de uma filial em Gravataí, próximo ao Parque de Eventos Ireno Michel, mais conhecido como “rodeio”. Jornalistas e outras personalidades aproveitaram para tirar fotos antes de Luciano subir para uma rápida reunião com o prefeito Marco Alba a portas fechadas para a imprensa.

Hang disse que o alvará expedido em tempo recorde é “um prêmio para o empresário” e para isso pediu uma salva de palmas para o prefeito. Marco Alba ressalta que pegou a prefeitura com 53% de endividamento e que com o passar do mandato quitou boa parte das dívidas, trazendo fôlego para a administração municipal, que inclusive trabalha para captar mais recursos e empresas e não somente pagar débitos de gestões anteriores. Na oportunidade, Alba entregou a Luciano Hang um DVD promocional da prefeitura, onde o filme de 5 minutos também em inglês expõe motivos para se investir em Gravataí.

Luciano disse que conseguir um alvará no Estado era uma “coisa de louco”, devido ao tamanho das dificuldades que as prefeituras impunham, citando como exemplo Porto Alegre na gestão de Raul Pont onde Hang foi pessoalmente mostrar o projeto ao secretário da época, e este disse que não iria nem avaliar o projeto por causa da réplica da estátua liberdade.

Hang elogiou o Corpo de Bombeiros do RS pela agilidade na expedição do alvará de PPCI, dizendo que a corporação é a mais rápida do Brasil. O empresário comenta que “onde nada pode, tudo pode” citando cidades com alto nível de burocracia para se ter uma autorização para construir umas de suas lojas.

Uma de suas frases mais marcantes foi dizer que vai montar uma loja “que vai orgulhar Gravataí”, inclusive convidando o prefeito Marco Alba para a inauguração da loja que está sendo construída em Viamão. O empresário afirma que as lojas Havan empregam cerca de 22 mil funcionários e que em Gravataí a prioridade será de contratar pessoas da cidade, incluindo-se aí construir a filial com matéria prima e mão de obra local. Atualmente a Havan tem 133 lojas e planeja se expandir para cidades como Belém, São Luís, Teresina e Manaus.

Gravataí

O investimento em Gravataí será de cerca de R$ 40 milhões com 500 vagas de estacionamento, que não irá exigir pagamento. A loja terá 6500 metros quadrados de área de vendas, sendo uma loja parecida com a que está sendo construída em Viamão. O comércio irá vender um mix de produtos, como utilidades para o lar, eletrodomésticos, dentre outras novidades que poderão ser pagas em 10 vezes sem juros no cartão da loja. Hang diz que chegou a bons acordos com sindicalistas sobre a abertura da loja nos finais de semanas e feriados, salientando que não fosse dessa maneira ele “arrancaria a loja do lugar e iria embora”, afirmando que uma loja a mais ou a menos não faria nenhuma diferença. “Quem manda na loja são os clientes, não os sindicalistas” afirma.

A Havan gravataiense, dividirá espaço com o atacadista Stock, operação essa que vai levar um pouco mais de tempo para ser construída, devido a necessidades especificas.

Luciano Hang elogiou o ex-governador Sartori devido ao político ter viabilizado muitos trâmites para que o empresário pudesse investir no RS.

O prazo para entrega da loja ao lado do “rodeio” é de 90 dias.

Comentários