O transporte dos pacientes de fisioterapia vai mudar neste ano em Gravataí

0
Foto: Douglas Glier Schütz

Com o objetivo de acabar com as filas de espera, possibilitando que todos os pacientes possam acessar as clínicas de fisioterapia, a Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), está modificando a forma de transporte oferecido para os pacientes que fazem esse tipo de tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A partir de fevereiro, os pacientes que apresentarem condições físicas para o uso de transporte coletivo receberão um Cartão Teu! Para realizar este deslocamento com ônibus da Sogil.

 Segundo o secretário municipal da Saúde Jean Torman em casos onde as condições clínicas do paciente requeiram um transporte diferenciado ou que a localidade não seja atendida pela empresa de transporte público, a pessoa continuará com o serviço de locomoção da Prefeitura porta a porta. “Sabemos que os pacientes estavam acostumados a terem um carro lhes buscando e deixando na porta de casa, e agora, aqueles que têm condições clínicas, vão ter que caminhar até uma parada. A medida objetiva ampliar a capacidade da Administração em transportar mais pacientes sem aumentar as despesas, enfrentando a fila de espera hoje existente no município.”

Ele ainda ressalta que “casos de enfermidades que por sua natureza demandem transporte diferenciado, pacientes que não tenham, por motivos clínicos, como se deslocar até uma parada de ônibus, continuarão no transporte diferenciado, onde sempre será dada preferência aos casos com maiores riscos e comprometimento a saúde”.

Jean destaca que no último mês de dezembro, diariamente, foram transportadas 66 pessoas para fisioterapia, dos quais, 42 poderiam utilizar ônibus, liberando vaga para outros 16 pacientes que estão em fila de espera para procedimentos dentro e fora do Município. “Observo que essas são as médias de dezembro, que, como nos demais meses do verão, costumam ser menores do que nos demais meses do ano.”

A nova forma do serviço:

A partir da primeira semana de fevereiro os pacientes receberão um cartão de passagem da cor verde, que será distribuído pelo Setor de Transportes Eletivos da SMS, localizado na sede da secretaria. As informações serão adquiridas pelas unidades de saúde em um sistema desenvolvido pela própria Secretaria, possibilitando que todos os pacientes recebam um cartão com a quantidade de passagem que seja adequada ao número de sessões.

Com esse sistema também será possível fazer o controle do uso dos cartões, além de verificar se o paciente realmente está comparecendo às sessões e quanto tempo de sessão tem realizado. “Com tudo isso, atenderemos mais pessoas e ainda poderemos ter uma diminuição de custos no serviço”, diz Jean.

A normativa do serviço já está disponível no site da Prefeitura, na aba Autoatendimento (no canto superior esquerdo da página), na opção “Publicações Legais e Atos Administrativos” (no menu lateral).

Comentários