Mais de 5 mil pessoas passaram pela Feira do Livro de Cachoeirinha

0

Terminou em grande estilo a 32ª Edição da Feira do Livro de Cachoeirinha que de 15 a 20 de outubro animou e encheu de magia a Praça da Juventude. “Foi a celebração dos 32 anos de um evento que ao longo dos últimos anos ganhou mais identidade e tem vindo a consolidar-se junto aos leitores da cidade”, disse o secretário de Cultura Alécio da Rosa.

A prova da afirmação do secretário é que nos últimos cinco dias aproximadamente cinco mil pessoas estiveram na Praça da Juventude para folhear, comprar livros ou participar de uma das 97 atividades propostas pela comissão organizadora.A edição de 2019 contou com a presença de quatro livreiros e um sebo de responsabilidade da Biblioteca Municipal Monteiro Lobato. Para o livreiro Pedro Ribeiro, que sempre participa das feiras do livro, a estrutura, organização e programação merecem parabéns. “Tudo muito bem elaborado”, ressaltou. Conforme os livreiros, os cinco livros mais vendidos foram: Malala, escrito por Malala Yousafzai, Quatro Vidas de um Cachorro, de W. Bruce Cameron; As aventuras de NetoLand, de Lucas Neto; Sapiens: Uma Breve História da Humanidade, de Yuval Harari; e Planeta das Gêmeas: Entre Risadas e Brincadeiras, de Nicole e Melissa.

Além da venda de livros, o evento contou com a apresentação de aproximadamente 15 shows de músicos locais e apresentação de danças gauchescas e dos grupos Mov-Mente, das escolas municipais e da turma do estúdio de dança da Daiene Weiss. “Participaram também o Projeto Semear com feira de orgânicos, dicas de plantio e sustentabilidade, o artesanato da Casa de Cultura e foram ministradas dezenas de oficinas para o público presente”, explicou a secretária Rosa Lipertt, de Educação.

O encontro com os autores também motivou o público a comparecer a festa. Aproximadamente 15 escritores participaram do evento conversando sobre as suas obras e contando histórias para os leitores. Outra grande participação foi a turma do Canta e Encanta Minha Gente, das escolas municipais da cidade.

“Olhar a Feira por dentro é muito bacana, enriquecedor. Ver a resposta, a participação dos alunos, livreiros, expositores, enfim, todos que atuaram antes e durante o evento, é um movimento constante, latente. A feira do livro tem um objetivo muito nobre, que é construir uma cidade mais inclusiva, mais acolhedora e mais leitora. E isso faz toda a diferença no nosso trabalho”, conta a secretária.

Para o prefeito Miki Breier, “a Feira é um encontro de pessoas com diversas oportunidades, desde o acesso aos livros, ouvir histórias, assistir aos shows, conhecer escritores, interação com o casal de Patronos com a arte e suas interfaces. É um momento único para a cidade”, revelou.

Para o casal de patronos Jerri Costa e Taíse Teixeira, a repercussão do evento está sendo maravilhosa. “Eu e a Taíse respiramos 24 horas de feira nesses últimos 5 dias. Interagimos com crianças, professores e pais falando desta experiência que jamais vamos esquecer. Nos sentimos imensamente felizes em receber o carinho de tantas pessoas que nos presentearam com fotos, desenhos e abraços”, comemorou Jerri. Outro ponto do alto, do evento foi contação da história “A menina que não gostava de arrumar o quarto” que culminou no casamento em vida real dos patronos Jerri e Taíse.

Por Prefeitura de Cachoeirinha

Comentários