Final da Libertadores na 79 movimenta torcedores e comércio

0

Antes mesmo de o tricolor vencer o Lanús de 2×1 na casa deles na Argentina, a Rua Nestor de Moura Jardim na parada 79 quase não cabia mais ninguém em frente ao Bar do Gringo, onde no meio da rua estava instalado um telão ligado na partida que começaria em instantes.

Foto: Andreo Fischer

O preço das cervejas e chopes nos bares estava acessível partindo de R$ 5,00, e o comércio de bandeiras e churrasquinhos estavam com altos níveis de vendas próximo aos torcedores.

Foto: Andreo Fischer

Recicladores aproveitaram a festa e recolheram as várias latinhas de cerveja que estavam espalhadas pelo local.

Foto: Andreo Fischer

Problemas a vista

Mesmo com banheiros químicos instalados pela torcida do time, alguns homens aproveitaram paredes de prédios para urinarem. Também foi registrado que sacolas e papéis estavam jogados ao chão em frente ao supermercado daquela rua.

Foto: Andreo Fischer

Não tá morto quem peleia

Novamente foi visto funcionários de uma funerária da região aproveitando a folga para assistir à partida. Não havia velório naquele momento.

Foto: Andreo Fischer

Prejuízo para os Food Truck

Felipe Pontes, 25, proprietário do Street Food Park, um terreno que contava com Food Truck e um telão com transmissão ao vivo do jogo, conta que o movimento estava bom, mas fraco em relação aos jogos anteriores por causa do telão que o Imortal Bus instalou em frente ao Bar do Gringo, que drenou muitos torcedores para aquela região. No momento em que a reportagem falava com Felipe, o Grêmio fazia seu primeiro gol contra o Lanús e os clientes vibraram e se emocionavam com o feito do tricolor.

Foto: Andreo Fischer
Foto: Andreo Fischer

Hospital com baixo movimento

A final da Libertadores fez milagres: a emergência do Hospital Becker estava relativamente tranquila. Tanto que a atendente dali deveria estar em outra função, já que foi notada sua ausência.

Foto: Andreo Fischer

A partida encerrou com o Grêmio goleando o Lanús em 2×1 em uma vitória que foi ouvida por gritos, músicas e muitos foguetórios pela cidade de Gravataí.

Comentários