Cinco primeiras vigas das pontes do Parque foram instaladas ontem

0
Divulgação

Uma obra para a história da cidade, a duplicação das pontes do Parque dos Anjos recebeu neste domingo, 7, a instalação das primeiras cinco vigas, de 17 metros e 22 toneladas cada, sobre o Arroio Demétrio, próximo à rótula da Avenida Adolfo Inácio Barcelos. A previsão é de que até o final do mês sejam colocadas as outras cinco vigas sobre o Arroio Passo dos Ferreiros. 

O prefeito Marco Alba, que acompanhou toda a operação, desde os primeiros movimentos das máquinas pela manhã até o início da noite, quando foi acomodada a última viga, ressalta o quanto é importante fazer uma gestão séria e responsável, criando as condições para que a Prefeitura possa fazer as obras que a cidade tanto esperava, no caso das pontes, há mais de 30 anos. 

O trabalho foi realizado com a utilização de dois guindastes, com capacidade para 110 toneladas. Operários da construtora Ecovilla, com o apoio de servidores das secretarias de Obras e de Mobilidade Urbana, trabalharam durante todo o domingo, o que exigiu o bloqueio total do tráfego sobre as pontes, que volta ao fluxo normal nesta segunda-feira, 8.

A duplicação das pontes do Parque dos Anjos está sendo feita com recursos financiados junto ao Banco do Brasil, no total de R$ 6,2 milhões, incluindo a revitalização da rótula do Aldeião e toda a iluminação do trecho. “Isso foi possível porque limpamos o nome da Prefeitura para crédito, o que nos permitiu buscar dinheiro para o financiamento dessa e de outras obras importantes”, ressalta o Prefeito. A duplicação das pontes deve ser concluída em outubro próximo.

Junto com a duplicação da Avenida Centenário e a revitalização da Avenida Adolfo Inácio de Barcelos – já concluídas – a duplicação das pontes e a readequação completa da Rota do Aldeião completem um conjunto de obras que vai reconfigurar um dos primeiros acessos à cidade e à região do Parque dos Anjos.

Comentários