“Alvo no Futuro” oferece aulas de tiro com arco para o ensino municipal

0
Foto: Carol Candido/PMC

O projeto Alvo no Futuro, desenvolvido pela Secretaria de Educação juntamente com a de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, oferece aulas de tiro com arco para alunos e alunas do ensino municipal no turno inverso escolar. “O projeto busca a formação de atletas baseado em um código de valores e conduta pessoal em busca da superação, desenvolvimento esportivo, físico, ético-moral e cultural saudável como atividade complementar no turno inverso”, destaca o prefeito Miki Breier.


A escola CADOP é o Centro de Treinamento Oficial da Associação Arthemis. As aulas também são ofertadas na Casa de Cultura Demósthenes Gonzalez e no Ginásio Municipal. Atualmente, a cidade de Cachoeirinha é modelo nacional na formação de atletas.


No ano de 2019, foram atendidos 94 jovens. Ao longo dos anos, os integrantes já participaram de competições estaduais, nacionais e internacionais, como o atleta Tiago Porto, de 17 anos, que competiu no mundial de Base da World Archery em Madri na Espanha. Em setembro, Cachoeirinha enviou uma delegação de 18 atletas para competir no 12º Campeonato Brasileiro Infantil, Cadete e Juvenil de Tiro com Arco em Maricá/RJ.


Segundo a secretária de Educação, Rosa Lippert, o projeto já deu vários frutos e influenciou de forma positiva na vida dos jovens. “Temos 8 atletas que recebem benefício federal Bolsa Atleta, devido a suas conquistas relevantes em competições de Base de Nível Nacional. Eles iniciaram crianças e hoje, na maioridade, já são Certificados Instrutores Nível 1 pela Confederação Brasileira de Tiro com Arco, alguns com meta de passar no vestibular para Educação Física. ”


As inscrições para o primeiro semestre de 2020 iniciam no mês de março. “Não há limite de vagas e, caso necessário, será feita fila de espera”, explica o técnico Cristiano Zarichta. Após o mês de março, as inscrições voltam a abrir em julho para as turmas de segundo semestre. Mais informações podem ser obtidas através do telefone da Secretaria de Educação pelo número 3441-8700.

Texto de: Judy Wroblewski – PMC

Comentários